Home > Congressos, Cursos e Eventos > 7th International Marx & Engels Colloquium – July 2012, Brazil

7th International Marx & Engels Colloquium – July 2012, Brazil

21 December, 2011 Leave a comment Go to comments

Marxist Studies Center- Cemarx at University of Campinas – Unicamp
Campinas (SP), Brazil, July 24 – 27, 2012
Call for papers

The Marxist Studies Center (Cemarx) has started the call for papers for the 7th INTERNATIONAL MARX & ENGELS COLLOQUIUM, which will be held at the Institute of Philosophy and Human Sciences (IFCH) at the University of Campinas, São Paulo, Brazil. Papers should be submitted by February 1st, 2012.

The 7th International Marx & Engels Colloquium welcomes, essentially, two types of papers: those that take the Marxist theory as their subject of research in order to analyze this theory, criticize it or develop it; and papers   that utilize the Marxist theoretical framework in empirical or theoretical researches which fit into the event’s Thematic Groups.

.

.

General Information

Researchers interested in submitting their papers should indicate which Thematic Group they fit in. Occasionally, the 7th International Marx & Engels Colloquium Organizing Committee might reallocate the papers  from one group to another.

.

The  7th Colloquium’s Thematic Groups are the following:

TG 1 – Theoretical work of Marx and Marxism
Critical examination of Marx and Engels’ work and classical Marxism works in the 19th and 20th centuries. The polemics stimulated by Marx’s theoretical work.

TG 2 – Marxism
Critical examination of the tendencies of Marxist thought and their transformations. The theoretical work of Brazilian and Latin American Marxists. The issue of renovation of Marxism.

TG 3 – Marxism and Human Sciences

Examination of the Marxism’s influence on Economics, Sociology, Political Science, Anthropology, History, International Relations, Law, Geography and Social Work. Examination of the Marxist critique of Human Sciences and the contributions of Human Sciences for the development of Marxism. Marxist theoretical polemics and conceptual developments in these areas of knowledge. The presence of Marxism in the Brazilian and Latin American universities.

TG 4 – Economy and politics in contemporary capitalism
The Marxist approach of  economical, political and social transformations of capitalism at the end of the 20th century and the beginning of the 21st century. New accumulation patterns of capital, new imperialist phase, transformations of the State and capitalist democracy. The condition  of the dominant and dependent countries. Brazil and Latin America.

TG 5 – Class relations in contemporary capitalism
The Marxist approach to the transformations that have occurred within the organization of work under capitalism and in relation to the structure of classes. Laborers, working class, “new working class” and “middle class”. The petite bourgeoisie. The peasants in current capitalism. The current debate on the decline of class polarization in the end of the 20th century and the beginning of the 21st  century. The working classes and the popular movements. The new configuration of the bourgeoisie. The social classes in Brazil and Latin America. The Marxist concept of social class and class struggle in contemporary capitalism.

TG 6 – Education, capitalism and socialism
The relationships between the educational system and capitalism according to the Marxist perspective: training of workforce; education and social classes; ideology and educational process; educational policy. The Marxist analysis of education in Brazil and Latin America. The cultural apparatuses of capitalism (universities, research centers). The cultural centers created by the socialist movement. Analysis of the innovative educational experiences in the societies emerged in the revolutions of the 20th century. Marxist theory and
education.

TG 7 – Culture, capitalism and socialism
Capitalism and cultural production: the new tendencies; plastic arts, literature and cultural industry. Marxist analysis of culture in Brazil and Latin America. Culture and socialism: the cultural movements in the societies originated in the revolutions of the 20th century. Marxism and cultural production.

TG 8 – Socialism in the 21st century
Marxist analysis of  the 20th century Revolutions. The communist and socialist heritage of the 19th and 20th centuries and the socialism of the 21st century. Marxism and socialism. The issue of renovation of socialism. The theory of transition to socialism. Workers and socialist transition. Strong points and obstacles for the reconstruction of the socialist movement in the 21st century.

..

Submission of papers
Papers should be submitted by February 1st. Researchers should fill in the on line submission form at Cemarx’s website (www.unicamp.br/cemarx).

.

Modalities of submission for the presentation of papers:

.

1.Papers

The papers (in Spanish Portuguese or English) should have between fifteen and twenty-four thousand characters (including spaces and footnotes), consisting of maximum 10 pages in 12 points Times New Roman font format . Submissions must not exceed this limit; otherwise, it will be rejected. Papers should include proposed title, author’s name and position (professor, lecturer, post-graduate student, independent researcher). Papers should clearly define the subject which will be examined,its theses and arguments, and make explicit the debate (theoretical, historiographic or political) within which the paper is inserted. Important! Papers should follow the citation rules displayed at Cemarx’s website. Registration fee: R$ 40.00.

.

2. Roundtables

A Roundtable is composed of a set of at least four papers included in a TG. A small number of Roundtables will be accepted, privileging submission made by groups or research centers, as well as scientific and cultural associations.  Papers of participants of the Roundtalble, formatted according to the previous item, should be sent together with a summary explanation of the table. The proposing institution has to obtain the resources needed for participation of all components. Registration fee (per component of the Roundtables): R$ 40.00

.

3. Posters

The 7th International Marx & Engels Colloquium is open for participation of undergraduate students who can  present scientific initiation papers, whose subjects fit in one of the Thematic Groups of the colloquium. The abstract of the paper should have between three to five thousand characters (including spaces and footnotes) in Times New Roman font format, 12 points. The paper (in Spanish Portuguese or English) should include proprosed title, author’s name and the undergraduate course in which he/she is enrolled. Papers should present the research’s subject and its main ideas and information. The poster submission format will be published at Cemarx’s website. Registration fee: R$ 20.00.

.

Notification of Acceptance

Accepted papers will be divulged at Cemarx’s website by March 2012 according to the following schedule:

The results will be divulged at least three months before the beginning of the event in order to allow all participants to apply for grants from financial bodies and universities, as Cemarx  will not be able to finance the participants of the event.

.

.

.

INFORMAÇÕES GERAIS PARA PARTICIPAÇÃO

O Colóquio Internacional Marx e Engels acolhe, fundamentalmente, dois tipos de comunicações: as que tomam a teoria marxista como objeto de pesquisa, seja para analisar essa teoria, criticá-la ou desenvolvê-la, e as que utilizam o aparato conceitual do marxismo em pesquisas empíricas ou teóricas que se enquadrem nos Grupos Temáticos do evento.

Ao realizar a inscrição, o(a) pesquisador(a) interessado(a) em participar deverá indicar um Grupo Temático. Eventualmente, a Comissão Organizadora do VII Colóquio Internacional Marx Engels poderá remanejar a distribuição da proposta de um grupo para outro.

Os Grupos Temáticos do VII Colóquio são os seguintes:

GT 1 – A obra teórica de Marx
Exame crítico das obras de Marx e de Engels. As polêmicas suscitadas pela obra teórica de Marx e Engels.

GT 2 – Os marxismos
Exame crítico das obras dos clássicos do marxismo dos séculos XIX e XX. As correntes do pensamento marxista e suas transformações. A obra teórica dos marxistas brasileiros e demais latino-americanos. A questão da renovação e atualização do marxismo.

GT 3 – Marxismo e ciências humanas
Exame da presença do marxismo na economia, na sociologia, na ciência política, na antropologia, na história, na área de relações internacionais, na geografia, no serviço social e no direito. Exame da crítica marxista das ciências humanas e das contribuições das ciências humanas para o desenvolvimento do marxismo. Polêmicas teóricas e desenvolvimentos conceituais do marxismo nessas áreas de conhecimento. A presença do marxismo na universidade brasileira e demais universidades latino-americanas.

GT 4 – Economia e política no capitalismo contemporâneo
Enfoque marxista das transformações econômicas, políticas e sociais do capitalismo no final do século XX e início do século XXI. Novos padrões de acumulação de capital, nova fase do imperialismo, transformações do Estado e da democracia capitalista. A situação dos países dominantes e dos países dependentes. Brasil e América Latina. Capitalismo e ecologia.

GT 5 – Relações de classe no capitalismo contemporâneo
Enfoque marxista das transformações ocorridas na estrutura de classes. Trabalhadores, classe operária, ¿nova classe operária¿ e ¿classe média¿. A pequena burguesia. O campesinato no capitalismo atual. O debate sobre o declínio da polarização de classes no final do século XX e início do século XXI. As classes trabalhadoras e os movimentos sociais e populares. A nova configuração da burguesia. As classes sociais no Brasil e na América Latina. O conceito marxista de classe social e de luta de classes face ao capitalismo contemporâneo.

GT 6 – Trabalho e produção no capitalismo contemporâneo
Teoria social, trabalho e produção. As concepções teóricas sobre o universo produtivo. Processos de produção: processo de valorização e processo de trabalho. Controle e gestão do processo de trabalho. Luta de classes na produção. Precarização das condições de trabalho e emprego e requalificação da força de trabalho. Teorias sobre a afirmação e recusa da centralidade do trabalho. As novas formas de exploração do trabalho: trabalho imaterial, trabalho informal, precário e informacional.

GT 7 – Educação, capitalismo e socialismo
As relações do sistema educacional com o capitalismo da perspectiva marxista: formação da força de trabalho; educação e classes sociais; ideologia e processo educacional; política educacional. Análise marxista da educação no Brasil e na América Latina. Os aparelhos culturais do capitalismo (universidades, centros de pesquisa). Os centros culturais criados pelo movimento socialista. Análise das experiências educacionais realizadas nas sociedades surgidas das revoluções socialistas do século XX. A teoria marxista e a educação.

GT 8 – Cultura, capitalismo e socialismo
Capitalismo e produção cultural: as novas tendências; as artes plásticas, a literatura e a indústria cultural. Análise marxista da cultura no Brasil e na América Latina. Cultura e socialismo: os movimentos culturais nas sociedades surgidas das revoluções do século XX. O marxismo e a produção cultural.

GT 9 – Socialismo no século XXI
Análise marxista das revoluções do século XX. A herança comunista e socialista dos séculos XIX e XX e o socialismo do século XXI. Marxismo e socialismo. A questão da renovação do socialismo. Teoria da transição ao socialismo. Trabalhadores e transição socialista. Trunfos e obstáculos para a reconstrução do movimento socialista no século XXI. Socialismo e ecologia.

.
MODALIDADES PARA INSCRIÇÃO DE TRABALHOS

1. Comunicações
O texto da Comunicação deverá conter entre quinze e vinte e quatro mil caracteres (contando espaço e notas), perfazendo um máximo de dez páginas, em times new roman 12. As propostas de trabalho que ultrapassarem esse limite não serão consideradas. Do texto, deverão constar: nome do evento, o título do trabalho, o nome do(s) autor(es) e a sua(s) condição(ões) (professor, pós-graduando ou pesquisador independente), GT a que se destina. O texto do trabalho deve definir claramente o tema que será examinado, a metodologia utilizada na pesquisa e apresentar as suas teses e argumentos e explicitar o debate (teórico, historiográfico ou político) no qual o trabalho se insere. Importante! Os textos devem seguir as normas de citação (clique no link). Custo da inscrição: R$ 40,00

2. Mesas redondas
Uma Mesa redonda é composta de um conjunto de ao menos quatro comunicações inscritas no âmbito de um GT. Um número reduzido de mesas redondas será aceito, privilegiando nesta modalidade de inscrição propostas encaminhadas por grupos, núcleos ou centros de pesquisa, bem como associações científicas e culturais. As comunicações dos participantes da Mesa, formatadas de acordo com o item anterior, deverão ser enviadas conjuntamente, acompanhadas de uma breve justificativa da mesa. Cabe à instituição proponente obter os recursos necessários à participação dos componentes da Mesa. Custo da inscrição (por componente da Mesa): R$ 40,00

3. Pôsteres
O VII Colóquio Internacional Marx Engels está aberto à participação de estudantes de graduação, que poderão apresentar trabalhos de pesquisa de iniciação científica ou de conclusão de curso cujos temas se enquadrem em um dos Grupos Temáticos do colóquio. O resumo do trabalho deverá conter de três a cinco mil caracteres (contando espaço e notas) em times new roman 12. Do texto deverão constar o título do trabalho, o nome do autor e o curso de graduação no qual ele está matriculado. O texto deve apresentar o tema da pesquisa e as suas principais idéias e informações. Veja aqui as instruções para confecção do pôster. Custo da inscrição: R$ 20,00

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

As inscrições encerram-se no dia 01 de fevereiro de 2012. Os trabalhos aceitos serão divulgados na página do Cemarx, conforme o cronograma abaixo:

Março de 2012: comunicações e pôsteres
Março de 2012: mesas redondas

Os resultados serão divulgados ao menos três meses antes do início do evento para que todos tenham tempo de solicitar financiamento às agências de fomento e universidades, uma vez que o Cemarx não pode financiar os participantes do evento.

.

.

.

.

  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s