Home > Economia e Política no Mundo > Da Escassez ao Excesso e Desperdício

Da Escassez ao Excesso e Desperdício

12 December, 2011 Leave a comment Go to comments

A maioria das pessoas, assim como o faz a teoria econômica tradicional, insistem em caracterizar o capitalismo como um sistema de escassez. Famosa tornou-se a definição de ciência econômica como a ciência social que estuda a “produção e distribuição de recursos escassos para fins determinados”. A realidade do capitalismo, entretanto, nos fornece fortes evidências de que ambas produção e distribuição referem-se a bens e serviços em excesso. Longe de um mundo de escassez, o atual sistema econômico acumula estatísticas sobre o desperdício sistemático de recursos.

.

.

O mundo de hoje é um mundo no qual há mais obesos do que famintos. Um mundo no qual em um único país, os EUA, um quarto da população já é de obesos. Um mundo no qual 40% do que se produz não se consome. Produção não consumida representa recursos, máterias-primas, insumos e transporte produzidos mas não consumidos. Reina o excesso e o desperdício, ainda que muitos sigam pensando em termos de escassez. Afinal de contas, por que haveria uma crise ambiental mundial senão em razão do excesso, excesso de produção e de consumo?

.

Este é o tema de uma interessante entrevista do professor Ricardo Abramovay para a rádio CBN. Clique aqui para ouvir.

Veja também a entrevista de Abramovay para a Carta Maior, sobre o mesmo tema:

.

.

.

.

.

  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s