Home > Teoria > “Ondas Longas” na Taxa de Lucro dos Estados Unidos – 1869 a 2007

“Ondas Longas” na Taxa de Lucro dos Estados Unidos – 1869 a 2007

Ernest Mandel defendia a ideia de que a taxa de lucro em países avançados apresentaria um padrão de “ondas longas” (long waves)  ao longo de décadas. Recentemente, Anwar Shaikh defendeu a mesma ideia. Na figura abaixo pode-se ver  a taxa de lucro para os Estados Unidos no período de 1869 a 2007, computado por Duménil e Lévy. A linha negra grossa é a taxa de lucro, e a linha tracejada é a regressão lowess (locally weighted scatterplot smoothing) para a tendência. Com a regressão lowess fica visível que de fato a taxa de lucro apresenta ondas longas [clique no gráfico para ampliar]:

Este gráfico bem ilustrativo das ideias originadas por Mandel foi retirado deste artigo em preparação por Basu e Manolakos:

Basu, DeepankarManolakos, P. T. (2010) Is There a Tendency for the Rate of Profit to Fall? Econometric Evidence for the U.S. Economy, 1948-2007. [PDF]

O fato da taxa de lucro apresentar ondas longas implica que tal série de tempo tem significativa persistência, o que denuncia um potencial caso não-estacionariedade. Se o comportamento da taxa de lucro nos EUA for de fato um passeio aleatório (random walk), então regressões e métodos de inferência aplicados a esta série devem levar em conta a presença de raíz unitária.

.

  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s