Home > Economia e Política no Mundo > O Real Significado da Reforma Financeira nos EUA

O Real Significado da Reforma Financeira nos EUA

O presidente Obama outorgou recentemente a reforma que visa impor maiores controles sobre o sistema financeiro norte-americano. Será mesmo? A opinião do economista norte-americano Richard Wolff é a de que a reforma foi mutíssimo mais branda em relação ao que poderia ser. Isso porque Wall Street gastou parte do dinheiro do contribuinte, que lhe foi dado através do não-democrático plano de ajuda do Tesouro e do Fed, para pagar milhares de lobistas a fim de que atuassem dentro do congresso dos EUA para garantir que a reforma de fato não afetasse os bancos. A “reforma” foi tudo o que Wall Street queria: diretores e presidentes impunes e pessoalmente enriquecidos, saque ao cofres públicos e a garantia de que a nova legislação na prática não os impeça de continuarem fazendo mais do mesmo. A opinião é de Richard Wolff em entrevista ao canal de notícias RTAmerica.

.

.

.

.

(*) Agradeço ao colega Dan McDonald por ter enviado o link.

.

.

.

.

.

.

  1. No comments yet.
  1. 1 October, 2010 at 12:40
  2. 15 October, 2010 at 12:17
  3. 9 November, 2010 at 23:52

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s